Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

08/11/2015

Eu li, e você? # 35

Título: Cara de um, focinho do outro
Autor: Marcos Fernandes
Número de páginas: 192
Ano: 2015
Editora: Butterfly

* Livro cedido em parceria com a editora.

Quem nunca teve um animal de estimação com o qual compartilhou os melhores (e piores) momentos de sua vida? É sobre essa antiga e intensa relação de amor e afeto entre humanos e animais que o livro trata.

Após diversos estudos na área, o autor, veterinário e psicanalista Dr. Marcos Fernandes aborda em seu livro  a humanização dos animais, que me chamou bastante a atenção; tratá-los como membro da família, pode ser altamente prejudicial e fazê-los perder seus instintos, pois acabam tendo de assumir dois papéis ao mesmo tempo: o de animal de estimação e de membro da família. Devo confessar, que trato a Jolie não só como um cachorro mas como se fosse minha irmã mais nova hahaha comprando brinquedos e roupas pra ela. Porém, após ler o livro percebi que essas atitudes nem sempre são saudáveis... 
Gostei particularmente de uma citação no livro que diz que não devemos nos sentir culpados caso gostarmos mais de um animal que outro ser humano, afinal um animal de estimação também é uma criação divina e é muito leal e companheiro. Mas nem por isso devemos deixar de nos relacionar com outros humanos e amar apenas os animais, ou seja, é preciso saber muito bem como diferenciar essas relações.

O autor também retrata o inconsciente coletivo e campos mórficos que auxiliam no entendimento do porquê desses animaizinhos terem o "instinto" de saber a chegada de seu dono, por exemplo. O livro também possui trechos com relatos de tutores de animais e da fidelidade, amor e companheirismo entre eles. Além disso, o autor comprova através de estudos que o animal escolhe alguém da família com quem mais se identifica, e acabam assumindo personalidades bastante parecidas. Comprovando a tese que intitula o livro.


Cara de um, focinho do outro foi bastante surpreendente em vários aspectos. Quando li a sinopse (e obviamente já me apaixonei pela proposta do livro, pois amooooo cachorros) não imaginava uma escrita tão completa, esclarecedora e complexa. Conhecer mais a fundo a psicanálise é fascinante! Além disso, o livro comprovou que a relação entre humanos e animais possui uma fidelidade indescritível! Eles não querem saber se você é pobre ou rico, homem ou mulher, eles só querem um pouco de amor e carinho e com certeza, sabem retribuir da melhor forma possível! Recomendo a todos! É uma obra belíssima!


Para finalizar, aqui vai uma foto da minha parceira de leitura, Jolie.





CLASSIFICAÇÃO:

MUITO BOM!



16 comentários :

  1. Aaah, que fofa a sua cadela! Eu tenho uma também, ela se chama Bellinha e é como se realmente fosse uma irmã para mim. Mesmo que eu não fique tanto com ela, a gente sabe que se importa e que se algo acontecer, vai nos atingir. Nunca li um livro que trate exatamente sobre cachorros, mas este até que chamou minha atenção! É bom sabermos que o cachorro não é racional, mas que do seu jeitinho, ele tem o instinto de estar conosco, principalmente se ganha carinho e amor. Também (vejo pessoas falando assim), que não devemos dizer "ah, amo animais e não amo humanos!" e fica com esse mantra na cabeça, o que acaba isolando-se da sociedade. Animal de estimação é bom, porque temos um amigo fiel, mas não pode substituir o lugar do ser humano. Existem pessoas boas, existem pessoas legais pelo mundo a fora, então na maioria das vezes são pessoas que foram feridas que falam desse jeito.
    Bom, gostei da dica! Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, concordo plenamente com você! Fico feliz que tenha se interessado pelo livro!

      Beijos!

      Excluir
  2. Meu sonho sempre foi ter um cachorro, mas minha mãe diz que não cuido nem de mim mesmo quem dirá de um cachorro rsrsrs achei o livro muito interessante, dá até vontade de ter �� quem sabe um dia. De qualquer maneira, lindo o blog e ótimo post. Parabéns ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que triste que ela não deixou você ter um cachorro... É tão legal *--* Desde que nasci fui cercada de animais de estimação haha até queria ser veterinária um tempo, por causa disso... kkk
      Obrigada, beijo

      Excluir
  3. Livros e cachorros <3. Infelizmente, minha cadelinha não está mais comigo. Achei o livro muito ''curioso'', quem sabe qdo minha lista diminuir, eu leio ele.
    Belo blog!! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Leia sim, é bem interessante!
      Minha Lillica também faleceu no final do ano retrasado, depois de passar 15 anos comigo... Foi muito triste ='(

      Excluir
  4. Oi Milena, td bem? Muito fofa sua cachorrinhaa! *.* Acho bem legal essa temática que retrata os sentimentos e instintos dos animais, e imagino que o livro seja bem interessante! Beijo!

    ondevivemashistorias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou Jéssica!

      Obrigada ;)
      Beijos

      Excluir
  5. Oi.... tudo bem?
    Livros e animais de estimação sempre me deixa tão apaixonda. Não conhecia o livro e nem o autor, mas me parece uma história linda!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim o livro é bastante teórico, mas muito interessante.

      Beijos

      Excluir
  6. Muito legal sua resenha... não conhecia o livro... Q linda sua companhia de leitura.. hehehe

    livros terapias / Fan page

    ResponderExcluir
  7. Que fofas! Eu confesso que não sou muito apegada a nenhum bichinho, mas acho bonito quem tem uma relação bacana! bjos

    ResponderExcluir
  8. Ah e achei o desenho do blog uma fofura!

    ResponderExcluir